HQMix 2020

Hokuto no Ken


A publicação do clássico Hokuto no Ken, que influenciou muitos autores com seu estilo de cenas de luta e traços inconfundíveis, não podia deixar de ter um projeto editorial à altura.

A edição publicada pela Editora JBC ganhou um formato de luxo, com papel luxcream, reserva de verniz nas capas, páginas coloridas exclusivas, e conteúdo especial, para colecionador nenhum colocar defeito.

Categorias

  • Publicação de Clássico
  • Projeto Editorial

Sobre a obra

Hokuto no Ken – Fist of North Star foi criado pela dupla Buronson (roteiro) e Tetsuo Hara (arte) e ajudou a definir o gênero no Japão. Publicado originalmente no começo dos anos 1980 na revista Shonen Jump, o estilo imprimido em Hokuto no Ken foi seguido por outras obras de sucesso como Os Cavaleiros do Zodíaco, Yu Yu Hakusho e Rurouni Kenshin – Samurai X.

Tomando como base os primeiros filmes da série Mad Max estrelados por Mel Gibson, a história de Hokuto no Ken apresenta Kenshiro, o sucessor da lendária técnica mortal conhecida como Hokuto Shin-ken, o Punho da Estrela do Norte, com a qual é capaz de explodir os membros do corpo de seus oponentes.

A JBC traz para o Brasil a versão Extreme Edition do mangá, uma edição de luxo com páginas coloridas exclusivas, conteúdo especial e média de 300 páginas.

Sobre os autores

Yoshiyuki Okamura (Buronson)

Yoshiyuki Okamura (Buronson), é natural de Nagoya, conhecido como First of the North Star, por conta do grande sucesso que escreveu, Hokuto no Ken. Os primeiros passos e início de carreira começaram quando escreveu o roteiro do manga Pink Punch: Miyabi em 1972. Em 1975, lançou seu primeiro sucesso, The Doberman Detective. Hokuto no Ken nasceu em 1983, alavancando sua carreira, tornando-o conhecido no mundo todo.

Tetsuo Hara

Tetsuo Hara trabalhou como assistente do artista de mangá Yoshiro Takahashi. Sua carreira iniciou quando publicou o primeiro trabalho: Mad Fighter, em 1982. O prestígio veio um ano depois, com Hokuto no Ken. O ilustrador ganhou seu primeiro prêmio

veja mais: