Tudo sobre o JBC Henshin+ 2019

21.11.2019 Evento anual da Editora JBC reuniu fãs de mangás na Japan House São Paulo

JBC Henshin+ 2019 Foto: Rafael Salvador

Dando continuidade à proposta de sempre se aproximar mais do público leitor, a Editora JBC promoveu no último dia 17 de novembro, na Japan House São Paulo, a sétima edição de seu evento anual Henshin+. Além de uma bate-papo com a equipe da JBC, ao longo do dia foram feitos novos anúncios, novidades sobre o vindouro mangá O Regresso de Jaspion e de mangás originais para o mercado digital e a revelação da primeira parceria entre a editora e a Mauricio de Sousa Produções.

As atividades do Henshin+ 2019 começaram às 10h com as caricaturas em mangá feitas pela equipe da escola de mangás AreaE. Os visitantes que passaram pela área do evento puderam levar uma lembrança de suas versões no traço dos quadrinhos japoneses.

Enquanto isso, abria também a pop-up store da Editora JBC, na sala C, com uma bancada cheia de mangás, incluindo boxes de coleções completas, reposições de volumes antigos e os principais lançamentos da editora.

Conferência JBC

Marina Shoji apresenta abertura do evento com história da JBC Foto: Rafael Salvador

A primeira palestra com os fãs começou às 13h na Sala A do primeiro andar da Japan House São Paulo e abriu espaço para que os presentes pudessem conhecer, antes de todo mundo, quais serão os próximos lançamentos da JBC para o mercado de mangás.

Antes, a CEO da Editora JBC, Marina Shoji, contou um pouco da história da empresa e de como a editora trilhou seu caminho para aproximar culturas tão distintas e tão distantes como a japonesa e a brasileira através da leitura – das primeiras páginas do Jornal Tudo Bem, passando pelas revistas Made in Japan e Henshin até a chegada dos lançamentos simultâneos (simulpub) de mangás digitais, Marina pontuou a longa trajetória da JBC ao longo de mais de duas décadas.

Para marcar essa história, foi lançado o selo de 25 anos da JBC, que deve ser usado ao longo de 2020. Também com imagens exclusivas e inéditas para o público, foi apresentado o projeto da loja Japorama, que deve ser reaberta ainda em dezembro de 2019, na Vila Mariana, em São Paulo.

Lançamentos 2019/2020

Na sequência, subiram ao palco o gerente de conteúdo Marcelo Del Greco, o gerente de marketing Edi Carlos Rodrigues e a assistente de redação Taki Okamura para apresentar os próximos lançamentos e as principais novidades para o final de 2019 e para o ano de 2020.

Entre os títulos que foram confirmados pelo selo Mangás JBC, em versão impressa, estão A Heroica Lenda de Arslan, de Hiromu Arakawa e Yoshiki Tanaka; Akira volume 06 (edição final da série), de Katsuhiro Otomo; The Ghost in The Shell 1.5: Human-Error Processor, de Shirow Masamune; Vigilante: My Hero Academia Illegals, de Court Betten e Hideyuki Furuhashi; Your name. em edição 3×1, de Makoto Shinkai e Ranmaru Kotone; The Seven Deadly Sins – Seven Days, de Mamoru Iwasa e You Kokikuji; Tensei Shitara Slime Datta Ken, de Taiki Kawakami e Fuse; e o one-shot Coyote, de Sei Awata.

Conferência JBC com Taki Okamura, Marcelo Del Greco, Edi Carlos Rodrigues e Lucas Malaspina Foto: Rafael Salvador

Já para a lista de lançamentos digitais estão os inéditos Gunsmith Cats, de Kenichi Sonoda e Sakura Wars, de Ouji Hiroi, Ikku Masa e Kousuke Fujishima – ambos devem chegar primeiro em versão digital para depois ganharem sua edição impressa.

O aguardado Henshin Mangá 03, que traz os primeiros cinco colocados do BMA (Brazil Manga Award), também foi anunciado como um dos próximos lançamentos digitais da JBC e como o primeiro projeto de impressão sob demanda (POD) da JBC. Também já estão em andamento os mangás Henshin Mangá RED e Henshin Mangá BLUE, que reúnem os mangás que ficaram entre o 6º e o 15º colocados do BMA, e que serão exclusivos digitais.

Outra revelação na palestra foi que as versões clássicas em tankobon de Os Cavaleiros do Zodíaco, Death Note e Yu Yu Hakusho chegarão aos mangás digitais em 2020. Ainda entre as novidades, foi anunciado o simulpub de Cardcaptor Sakura – Clear Card Ark já a partir de dezembro.

Mais detalhes do mangá O Regresso de Jaspion

Na sequência também foram apresentados os detalhes do mangá O Regresso de Jaspion, primeira produção do selo JBStudio. Com roteiro de Fábio Yabu e arte de Michel Borges, a mesma dupla responsável por Combo Rangers, a aventura inédita trará o lendário Campeão da Justiça de volta à Terra anos após os eventos vistos na série original exibida desde o final dos anos 1980 com grande sucesso no Brasil. O Regresso de Jaspion é fruto de uma parceria entre a Editora JBC, a Sato Co. e a Toei Company.

Marcelo Del Greco, Rafael Segnini e Edi Carlos falam sobre o mangá O Regresso de Jaspion Foto: Rafael Salvador

Novos projetos

A JBC ainda surpreendeu os visitantes anunciando o seu primeiro livro com A Turma da Mônica. Lendas Japonesas reunirá 12 contos famosos do folclore japonês agora estrelados por Mônica, Cebolinha, Cascão, Magali, Chico Bento, Zé Lelé e a duplinha Tikara e Keika, personagens criados pelo estúdio em comemoração ao Centenário da Imigração Japonesa em 2008. As lendas foram selecionadas e recontadas de maneira única pelo premiado escritor e poeta André Kondo.

A palestra que encerrou o dia anunciou o Selo Start, outro novo selo da JBC, mas este voltado exclusivamente para o mercado de mangás nacionais em versão digital. Cah Poszar, autora de Teerra & Windy, e Amanda Ricarte, criadora de The Flower Pot, são as duas primeiras artistas a publicar suas obras pelo Start e subiram ao palco para contar sobre suas expectativas e a importância dessa iniciativa da JBC.

André Kondo, Amanda Freitas, Cah Poszar e Edi Carlos Rodrigues falam sobre os novos projetos JB Studios e JB Start Foto: Rafael Salvador

Sucesso de público e com grande repercussão no mercado editorial, o Henshin+ 2019 fez parte da programação de atividades ligadas à Exposição Isto é Mangá – A Arte de Naoki Urasawa, que conta com mais de 600 obras do mangaká japonês. A exposição fica em cartaz até 5 de janeiro de 2020, no segundo andar da Japan House São Paulo. A entrada é gratuita.