Descole-se usando a língua japonesa

22.02.2007 Best-seller nos Estados Unidos, livro é guia do dia-a-dia: traz diálogos para paquerar, ficar, namorar, sair com os amigos, ir a um jantar na casa de alguém e até mesmo brigar

Quando um japonês vai conversar com seu chefe, precisa utilizar uma linguagem formal. O mesmo ocorre quando o funcionário de uma loja vai atender um cliente. O respeito à posição hierárquica e social faz parte da tradição japonesa e se reflete na comunicação das pessoas. Os livros didáticos e as escolas japonesas ensinam essa linguagem polida. Mas, assim como os ocidentais, os japoneses não utilizam manuais de etiqueta quando estão em ambientes descontraídos. Nos trens, nas discos, nas paqueras e nos encontros com os amigos, o que se usa é a linguagem do dia-a-dia. Essa é a proposta do livro Para se Descolar em Japonês, lançado pela JBC, a única editora especializada em cultura japonesa do Brasil: ser o guia de conversação básica do japonês falado no cotidiano.

Justamente por sua proposta inovadora, o livro se tornou um best-seller nos Estados Unidos. O manual tem 14 capítulos, divididos por assunto, e reúne as frases certas a serem usadas por quem quer paquerar, ficar, namorar, casar, sair com os amigos, ir a um jantar na casa de alguém e até mesmo brigar.

Prático, o livro traz a oração em português, sua pronúncia em japonês e a grafia oriental correspondente, que utiliza tanto kanji quanto katakana (alfabeto fonético bastante empregado na escrita de palavras estrangeiras). Acima desses ideogramas aparecem também o furigana, um facilitador de leitura dos ideogramas.

É possível encontrar desde frases como “Amo você.” (Aishiteru) até “Se toca!” (Neboken-já n??yo!), passando por “Isto é gostoso.” (Oishii) e “Qual seu e-mail?” (Adoresu wa?).

Na maioria dos exemplos, a frase vem seguida de uma explicação. Além disso, certas expressões são indicadas como mais convenientes para os homens e outras, para as mulheres. Acredite: até na linguagem informal existem expressões que o sexo feminino não pode pronunciar.

E o que é melhor: mesmo quem não domina nem um pouco o idioma se sentirá seguro para engatar uma conversa. Todas as orações possuem dois, três ou quatro vocábulos, e grande parte delas está hifenizada, chamando a atenção para palavras mescladas, partículas e sufixos. Para completar, há dicas preciosas de pronúncia, como a enfatização dada ao final de cada frase (que pode transformar uma afirmação em interrogação). Tudo isso ajuda na hora de articular e memorizar uma expressão em japonês.

Pronto para começar a aprender o japonês de verdade!

Para se Descolar em Japonês
Todd&Erika Geers
ISBN: 978-85-87679-74-1
Formato: 150 x 150 mm
Páginas: 146
Preço: 24,90 reais