Desafio Fullmetal Alchemist teve seus vencedores no Anime Dreams

30.01.2007 Lucas e Aniella complementaram o raciocínio um do outro e provaram que duas cabeças pensam melhor que uma
Lucas e Aniella recebem prêmios

Capa do primeiro volume do mangá Fullmetal AlchemistNeste feriado do dia 25 de janeiro, o Desafio Fullmetal Alchemist foi solucionado por uma dupla corajosa que lembra até mesmo os personagens principais do mangá de mesmo título, lançado pela JBC no Anime Dreams, festa para os fãs de anime e mangá que durou até o dia 28 em São Paulo.

O desafio promovido pela editora reuniu mais de 2500 participantes e possuía duas fases: online e ao vivo. A primeira consistiu em coletar pistas e detalhes de um vídeo amador, que teve cerca de 10 mil visitas. No Anime Dreams, os participantes deveriam comprar o mangá, pois dentro dele estavam mais pistas para o enigma. Havia a chance de participar sem estar presente no evento, mas não foi a opção deles. Resolvendo um jogo de sudoku, os amantes de Fullmetal encontraram uma série de números que correpondia a uma ligação telefônica. E eles responderam a última: “Quais são os sete pecados capitais?”.

Lucas Marinho Castro Lordani, de 20 anos, e Aniella de Souza Arantes, de 22, levaram para casa uma TV 24 polegadas e um aparelho de DVD, prêmio oferecido pela Yamato, organizadora do evento, além do box do anime Fullmetal Alchemist- Ed. Especial de Colecionador e do primeiro mangá da série. Esse exemplar bateu recorde de vendas da editora em eventos.

A dupla é colega em tudo: ele faz programação de sistemas e ela, design de games; na hora dos desafios, um completa o raciocínio do outro e o resultado é a vitória. Esse já é a segunda conquista. A primeira foi no Arena Gamer Experience em outro jogo realizado pela Editora JBC. Sobre o desafio, revelam que a parte mais difícil foi a do sudoku. “Se a Ani não tivesse me dado uma dica, jamais conseguiria descobrir que se tratava do jogo. No começo achava que a resposta era o número do código de barras”, conta Lucas. Apesar das dificuldades, a dupla não considera a proposta um bicho de sete cabeças “a dica é parar e pensar”, reflete Aniella.

Lucas assistiu ao anime e leu o mangá através de sites de fãs. “Agora, com o mangá em português, vou ler tudo de novo. E adorei os prêmios, principalmente o box! Vou começar a assistir agora mesmo!”, diz. Aniella não leu a saga inteira do mangá, mas chegou a ver até os filmes: “Gostei muito! É maravilhoso”. A paulista revela que Fullmetal Alchemist é a sua série predileta, pois se trata de “uma ficção diferente da dos demais mangás que, ou é muito dramática, ou não tem nenhuma profundidade psicológica. Apesar dos personagens principais serem crianças, é uma história densa, adulta e muito filosófica”.

Newsletter Receba as Novidades por E-mail!
Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para personalizar publicidade e produzir estatísticas de acesso de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.